Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cat sitting Ana Castanheira

Serviço humanizado na guarda de gatos Tlm: + 351 917055346 - anapmcastanheira@gmail.com - Carcavelos, Cascais, Portugal Também em ajudanahora.com/cat-sitting

Cat sitting Ana Castanheira

Serviço humanizado na guarda de gatos Tlm: + 351 917055346 - anapmcastanheira@gmail.com - Carcavelos, Cascais, Portugal Também em ajudanahora.com/cat-sitting

Quando os gatos mordem

O seu gato morde enquanto brinca ou quando está a receber festinhas?

 

Vista a sua gabardine de detective, vá buscar a lupa, e investigue connosco.

 

A-    O seu gato sempre o arranhou desde pequenino?

1-Se sempre brincou com ele quando era pequeno usando as mãos, ele continuará a querer fazê-lo enquanto adulto. Ele entende a sua mão como se fosse outro gatinho ou a sua presa e por isso morde e arranha.

 

O que fazer?

As unhas e dentes de um gatinho bébé não são as mesmas que as de um gato adulto e por isso é importante que brinque com o seu gato usando paus com fios, tipo cana de pesca e brinquedos pendurados que afastem a sua mão da boca e das garras do seu gatinho, podendo brincar entre 2 a 10 minutos, duas a três vezes ao dia para que ele possa manifestar a sua natureza e gastar as suas energias sem o ferir.

A energia de caçar é perdida num gato que viva exclusivamente em casa. Hoje em dia existem no mercado, brinquedos contém alimentos lá dentro e assim simular uma caçada por comida para o seu gato.

 

2-Se pensarmos um pouco todos nós temos partes do corpo mais sensíveis a cócegas, sendo que alguns de nós somos mais intolerantes a cócegas do que outros. Com o gatinho também se passa o mesmo, normalmente é sensível nas patas, cauda, orelhas e barriga, sendo que alguns podem sê-lo em outras zonas do corpo. Nestes casos é natural que se defenda mordendo e arranhando.

 

O que fazer?

Se quiser pode treinar o seu gato a ser mais permissivo quando lhe faz festas em zonas mais sensíveis. Para isso identifique quais são essas partes e em que situação é que ele reage negativamente e pouco a pouco experimente fazer-lhe uma festa nessa zona e dar-lhe um reforço positivo, um biscoito de gato. Se vir que resulta pode ir aumentando o tempo de festas nesse local.

ginger-cat-253731__180.jpg

 

B-    Ou o comportamento do seu gato alterou-se inesperadamente? De repente começou a mordê-lo? Porque razões podem acontecer estas alterações súbitas de comportamento?

Como animais extremamente sensíveis e inteligentes, a razão de tal acontecer pode ser uma destas duas:

 

1-Activação de memórias passadas

Muitas vezes, com o gesto das festas ou de brincar podem ser activadas memórias dos seus primeiros meses de vida (o que aprendeu com a sua mãe gata e os seus irmãos, as pessoas que o trataram, o tipo de tratamento que recebeu e o meio ambiente onde viveu esses primeiros momentos da sua existência), assim quando recebe festas, reage, acabando por morder, pois para ele não ficou claramente armazenado na sua memória que essa experiência de afecto é segura e de confiança.

 

2-Alteração de rotinas

Por mais tímido ou independente que o seu gato possa parecer ele é um animal social. Os gatos que ficam sozinhos durante muito tempo, sem estímulos, tornam-se entediados e distantes e por isso muito frequentemente reagirão brincando agressivamente com seus donos. Este comportamento agressivo frequentemente toma a forma de arranhar e/ou morder.

Verifique se algo se alterou na sua rotina com ele, a sua disponibilidade para brincar, a sua ausência por um período maior de tempo. Ele pode estar a chamar a sua atenção para isso e a dizer-lhe :-Quem controla a situação sou eu!

 

O que fazer?

Deixar de brincar com ele ou de lhe fazer festas não é a solução. A não ser que ele seja demasiado agressivo e nesse caso deve consultar o seu médico veterinário ou um especialista em comportamento de gatos.

Sempre que brincar com ele não use as suas próprias mãos, use brinquedos ( tipo cana de pesca, ou varinha) que permitam o devido distanciamento das mãos.

Se lhe estiver a fazer festas, observe bem a sua cauda, se estiver a mexer-se, é sinal que existe alguma tensão e que o seu gato a seguir pode morder. Esteja atento e termine sempre a brincadeira antes que ele morda. E se ele morder, diga não, retire a mão, calmamente, se o fizer muito rápido pode ficar magoado ou arranhado, e afaste-se dele, mostrando que não gostou da brincadeira. Ignore-o durante alguns instantes e não vá ter com ele, deixe que ele se aproxime.

Seja persistente. É possível alterar o comportamento do seu gato, com paciência e firmeza de gestos para que a mensagem seja bem entendida.

Tente não deixar seu gato sozinho por longos períodos de tempo. Brinque com ele seguindo as indicações descritas anteriormente e observe as alterações.

Se o gatinho ficar demasiado entusiasmado com a brincadeira, abrande o ritmo e a intensidade.

Boas investigações.